Expedição Anamauê Va’a: canoístas concluem travessia Niterói à Santos

Canoístas completaram Expedição Anamauê com 430 km percorridos em 11 dias, na Ponta da Praia, em Santos (SP) debaixo de chuva.

por Galla Press

Nem mesmo o mau tempo impediu a conclusão da Expedição Anamauê. A jornada foi concluída na tarde deste domingo na Ponta da Praia, em Santos (SP) totalizando 430 km percorridos em 11 dias de travessia. Os seis canoístas de Niterói (RJ), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Santos (SP) e Ubatuba (SP) navegaram 40 km no último dia entre a Praia Branca, em Guarujá (SP) até a Ponta da Praia, em Santos (SP).

“A expedição foi incrível! A galera está amarradona, tudo deu certo, fisicamente chegamos melhor que saímos, e como amigos, mais irmãos do que tudo. Foram dias duros, os dois últimos bem duros, longos, mas a galera com a cabeça boa, foi com tudo”, comemorou Douglas Moura, destacando os últimos dois dias com 100km no total. No sábado foram 60km percorridos com 12 horas no marcom parada em Barra do Sahy, em São Sebastião (SP).

Os remadores saíram no dia 27 da praia de Icaraí, em Niterói (RJ), do Icarahy Canoa Clube, passaram pelo Rio de Janeiro, com parada em Guaratiba, seguiram pela Marambaia para Ilha Grande, no litoral Sul Fluminense, no município de Angra dos Reis (RJ), onde realizaram duas paradas, em seguida ficaram na praia de Martins de Sá, em Paraty (RJ), e chegaram o fim datarde do dia 31 em Promirim, em Ubatuba (SP). Depois seguiram para a Praia da Enseada, em Ubatuba (SP), Perequê, em Ilha Bela (SP), Paúba, em São Sebbastião (SP) até os dois dias finais completando 430km.

A expedição Anamauê teve o apoio da marca de suplementos Bearco Sports Progenes, e foi realizada em uma embarcação V6 para seis atletas. Os remadores não tiveram barco de apoio e levaram os próprios alimentos.

A Expedição foi composta pelos atleta de Niterói (RJ) do Icarahy Canoa Clube, Douglas Moura, pelo santista José Paulo, do Clube Caiçara, de Santos (SP), Lucas Mion, líder do Ubatuba Hoe, em Ubatuba (SP), Francisco Viniegreróia, do clube de Praia Vermelha, do Rio de Janeiro, Ubajara Iakowsky, de São Paulo, e o santista Caio Guerra, todos com grande experiênca em provas de longas distâncias e travessias. Os remadores planejaram o trajeto há quatro meses.