FGV realiza seminário para debater rumos do esporte diante de mudanças da sociedade

Evento traz palestras sobre e-Sports, consideração de pôquer como esporte olímpico e rumos do esporte na internet.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) promove, dia 17 de março, no Rio de Janeiro, o VII Seminário de Gestão Esportiva FGV/FIFA/CIES, com o objetivo de debater a adequação dos esportes às transformações da sociedade. O pôquer como esporte olímpico e o crescimento dos e-Sports estão entre os temas a serem abordados durante o encontro.

“O esporte precisa estar atento às transformações da sociedade, que acontecem cada vez mais rápido. No mundo de hoje, quem não balança a rede, balança na rede. Entre os nascidos antes da geração do Milênio, 45% das pessoas preferem esportes e 13% e-Sports, na geração do Milênio há empate, 27% preferem esportes e 27% e-Sports. O que acontece a partir da geração Z?”, questiona o coordenador acadêmico FGV/FIFA/CIES, Pedro Trengrouse.

Nomes como Patrick Nally, presidente da International Federation of Pocker (IFP) e ícone do marketing esportivo mundial; Igor Federal, Fundador da Confederação Brasileira Texas Hold’em (CBTH); e Andre Akkari, atleta PokerStars, são alguns dos palestrantes que vão abordar o pôquer como esporte olímpico. “O Brasil já tem cerca de 8 milhões de jogadores e 500 clubes registrados. O Circuito Brasileiro de Poker (BSOP), um dos maiores campeonatos de pôquer do mundo, distribui mais de R$ 50 milhões por ano em prêmios, o mesmo que a CBF na Copa do Brasil”, ressalta o professor da FGV.

Zeynep Gencaga, Fernanda Lobão, João Sobreira e Arnon de Mello são os convidados para abordar o tema e-Sports e vão apresentar um panorama do crescimento do setor em todo o mundo, com exemplos concretos como a estratégia digital da NBA e iniciativas da Go4it. Já Carlos Fonseca e Roberto Iervolino vão discutir sobre modalidades como League of Legends, DOTA e outros que estão ganhando cada vez mais espaço no Brasil com o senador Roberto Rocha, que fala sobre seu Projeto de Lei para regular esportes eletrônicos no país.

“Em 2016, o Campeonato de League of Legends levou 20 mil pessoas ao Staples Center e teve audiência de 43 milhões de pessoas online. Em 2011, a premiação do Campeonato de DOTA era de USD 1,6 milhão; em 2016, USD 20,8 milhões, maior que da Copa Libertadores”, observa Pedro Trengrouse.

Os rumos do esporte no mundo virtual também ganhará espaço no seminário. Maureen Flores, José Renato Hopf e Edoardo Sigaud vão falar sobre as tendências do esporte na internet, ICOs em clubes de futebol e o engajamento de torcedores através da tecnologia durante o painel “Esporte na Rede”.

Serviço

VII Seminário de Gestão Esportiva FGV/FIFA/CIES
Data: 17 de março
Local: Centro Cultural da FGV
Endereço: Praia de Botafogo, 186 – Botafogo – Rio de Janeiro, RJ
Inscrição: http://sv.www5.fgv.br/fgvonline/seminariogestaoesportiva/inscricoes.asp

Programação

Das 08h30 às 9h – Credenciamento e Welcome Coffee

Das 08h30 às 9h – Abertura
Ana Paula Borges, superintendente de Produtos On-Line – FGV
Pedro Trengrouse, coordenador acadêmico do Curso FGV/FIFA/CIES – Programa Executivo – Aperfeiçoamento em Gestão de Esportes

Das 9h às 11h – Poker: Esporte Olímpico?!
Patrick Nally, presidente da IFP
Igor Federal, presidente da CBTH
Andre Akkari, atleta PokerStars

Das 11h às 13h – e-Sports: Esporte?!
Zeynep Gencaga, FIFA Master
Fernanda Lobão, sócia e diretora da Go4.it
João Sobreira, fundador da Cursor eSports
Arnon de Mello, VP NBA

Das 13h às 14h30 – Almoço

Das 14h30 às 16h30 – e-Sports no Brasil
Carlos Fonseca, presidente da ABCDE
Roberto Rocha, senador da República
Roberto Iervolino, gerente geral Riotgames

Das 16h30 às 17h – Coffee break

Das 17h às 19h – Esporte na Rede
Maureen Flores, Rede Globo
José Renato Hopf, CEO 4all
Edoardo Sigaud, Legaltech Entropia Inovação

Das 19h às 19h30 – Encerramento
Ricardo Trade, coordenador local do Programa FIFA/CIES
Glauber Lobato, coordenador de Produtos Varejo On-Line e Tutoria – FGV Online