Finalizado segundo dia da Copa Brasil de Canoagem em Curitiba

Evento foi importante para selecionar atletas que representarão internacionalmente o Brasil em 2018 e no desenvolvimento de novos profissionais na Paracanoagem.

Terminou neste domingo, no Parque Náutico do Iguaçu, em Curitiba (PR), a Copa Brasil de Canoagem Velocidade e Paracanoagem 2018, evento que premiou e selecionou os melhores canoístas do país. Ao todo foram disputadas 71 finais, distribuídas entre as duas modalidades, nas categorias Infantil, Menor, Cadete, Júnior, Sênior e Master; nas distâncias de 200m, 500m, 1000m e 5000m.

O destaque do evento ficou por conta dos canoístas do Iate Clube de Londrina, campeã geral da Copa do Brasil n Paracanoagem. O Iate Clube de Londrina terminou em primeiro lugar com 143 pontos, à frente do Clube de Canoagem de São José dos Pinhais com 128 pontos e Associação Caiakagem de Canoagem (Brasília) com 98.

Já na Canoagem Velocidade todas as provas de 5000 metros serão reavaliadas por vídeo durante a semana, e desta maneira o campeão geral na modalidade será divulgado nos próximos dias no site oficial da Canoagem Brasileira, assim como os medalhistas nessa distância.

Controle e Seletiva Nacional

Além das buscas pelas medalhas, os atletas que participaram da Copa Brasil de Canoagem Velocidade e Paracanoagem também foram observados pelos Comitês de Canoagem Velocidade e Paracanoagem da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) para a composição das Equipes Nacionais Permanente que representarão o Brasil nas competições internacionais neste ano.

De acordo com o supervisor da Canoagem Velocidade na CBCa, Alvaro Koslowski, houveram bons tempos por parte dos atletas durante a competição. “Temos algumas coisas ainda para melhorar, mas acho que é possível atingirmos as metas traçadas para esse ano”, disse.

A divulgação oficial de todos os classificados na Canoagem Velocidade e Paracanoagem será divulgado em breve no site oficial da Canoagem Brasileira.

Participaram do evento 220 atletas representando 34 clubes e associações de canoagem do país oriundos dos estados de São Paulo, Bahia, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Tocantins, Paraná, Pará, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Santa Catarina.

Cursos de Desenvolvimento

Durante a competição a CBCa organizou, com o apoio da Educação Paralímpica do Comitê Paralímpico Brasileiro, dois cursos: um de arbitragem de Paracanoagem e Canoagem Velocidade e outro de Classificação Funcional. Os cursos visam à formação de novos árbitros que atuarão em eventos regionais e nacionais da Canoagem Brasileira e também de profissionais que trabalham no sistema de Classificação Funcional da Paracanoagem.

O curso de Classificação Funcional, que contou com a participação de brasileiros, canadenses, uruguaios, chilenos e argentinos foi ministrado pela Chefe de Classificação Funcional na Federação Internacional de Canoagem (FIC), Maria de Fátima Fernandes Vara e o chefe da Paracanoagem na FIC, John Edwards.

Para John Edwards o Brasil é líder no desenvolvimento da Paracanoagem não apenas no continente americano, mas sim em todo o mundo. “Fiquei muito impressionado com o nível educativo dos cursos, pois demostrou que os jovens treinados aqui estão muito bem e representam os profissionais daqui há dez, quinze anos, essa é a fundação para os próximos anos no esporte”, ressaltou.

Campeonato Brasileiro na Bahia

Já de olho no Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem, principal evento nacional das modalidades no ano, a Copa Brasil em Curitiba recebeu a visita da Secretária de Esportes de Simões Filho (BA), Sirliane Ribeiro, que prestigiou o evento no Paraná e observou a organização e realização da competição.

Simões Filho, localizado nas proximidades de Salvador, na Bahia, será a cidade que receberá de 30 de agosto a 2 de setembro o Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Paracanoagem 2018. Para Sirliane a ida à Curitiba foi importante para conhecer o planejamento e a organização do Campeonato Brasileiro. “Nossa prefeitura está muito comprometida e empenhada em realizar um evento com grande sucesso na Baia de Aratu, local lindíssimo onde irá acontecer o campeonato. Enfim, tudo vem a contribuir para que nosso evento seja um sucesso e todos aqueles que prestigiarem saírem de lá muito satisfeitos”, afirmou.

A Copa Brasil de Canoagem Velocidade e Paracanoagem foi organizada e supervisionada pela Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), e contou com apoio do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Prefeitura de Curitiba, Sanepar, GE e Itaipu Binacional.