Paddleboard é mais uma atração no Aloha Spirit Festival, em Ilhabela

Disputa de remada com as mãos será realizada no sábado, na Praia do Perequê

Por FMA Notícias e foto Ale Socci

O Paddleboard é mais uma atração no Aloha Spirit Festival, que terá a etapa inicial de sexta-feira a domingo (23 a 25), na Praia do Perequê, em Ilhabela. Na disputa, os atletas remam com os braços, deitados ou de joelhos numa prancha, e vem ganhando adeptos no Brasil. A modalidade, que já tem grande tradição no Havaí, onde surgiu como meio de locomoção entre as ilhas pelos nativos, virou esporte e também uma forma de treino e condicionamento dos surfistas na falta de ondas.

Em Ilhabela, os atletas completarão um percurso de três quilômetros entre boias e alguns nomes chegam como destaques, como o baiano Claudio Brito e o paulista Patrick Winkler, que ano passado completou a tradicional e emblemática travessia Molokai-Oahu. “É uma prova que tem tudo para crescer cada vez mais. Também temos o Paddleboard adaptado, sem dúvida a prova que mais recebe cadeirantes no Aloha Spirit, porque os atletas usam só os membros superiores”, comenta o organizador do Aloha, João Castro.

Considerado o maior evento de esportes aquáticos da América Latina, o Aloha Spirit Festival também terá disputas de va’a individual, em duplas e equipes, surfski individual e em duplas, stand up paddle, waterman, natação e apneia (este realizado numa piscina montada na praia para garantir segurança aos participantes). Na areia, a atração é o Desafio Gibbon de Slackline. O público também poderá acompanhar o Festival Aloha Spirit de Cinema, com o filme Moana, um mar de aventuras, da Disney, como principal atrativo.